QUEM SÃO OS QUE TÊM CARÁCTER NO MPLA?

Todos os que falam mal dos outros, depois de já não estarem no poder, tentando invocar “autoridade moral”, não podem ter bom carácter. Eu, Carlos Alberto, enquanto cidadão angolano, que não se deixa levar por “populismos”, desvalorizo toda a tentativa de “autoridade moral” dos dirigentes do MPLA quando falam mal de José Eduardo dos Santos, seus filhos e aliados. Todos eles deviam estar calados. Todos eles se mantiveram no silêncio perante milhares de mortes de angolanos e todas as injustiças por que passámos. Eu sou um deles. Não fiquei em vários órgãos de comunicação social porque não aceitei comungar com o errado. E fui tido como maluco. Ninguém, no MPLA, tem autoridade moral sobre mim. E deviam dar graças a Deus por este povo ser mesmo “especial”. João Lourenço apareceu, na campanha, de mãos dadas com José Eduardo dos Santos. Disse várias vezes “viva o camarada presidente José Eduardo dos Santos”. Como se justifica trocar tudo agora? Demonstra carácter? Coerência? João Lourenço até podia combater a corrupção. Mas não devia olhar para “nomes” para o fazer. Quando se implicou, sem fazer um real diagnóstico sobre o desempenho da Sonangol, com a filha de José Eduardo dos Santos Isabel Dos Santos, mostrou que não era o líder que eu esperava. Eu já sabia que estava claro que se tratava de uma vingança selectiva. O que está a acontecer agora com a cidadã Tchizé Dos Santos é uma pouca vergonha para o próprio MPLA. Prova que afinal eram/são todos falsos. tudo. Nós conseguimos ver o verdadeiro carácter das pessoas quando elas têm poder. Todos os pronunciamentos dos dirigentes do MPLA contra Tchizé Dos Santos, Isabel Dos Santos e todos os aliados de JES não têm valor nenhum na minha cabeça. Quem não tem carácter com A nunca vai ter com B. O falso é sempre falso. Nós precisamos de angolanos com carácter. Esta Angola precisa de dirigentes com carácter.

Carlos Alberto
11.06.2019

Loading...
Input your search keywords and press Enter.

Com um gosto você fica por dentro de tudo