O Banco de Poupança e Crédito (BPC) procedeu esta segunda-feira, em Benguela, ao relançamento do crédito salário, com assinatura de 30 protocolos de entendimento com instituições públicas.

AGÊNCIA DO BPC

FOTO: EDILSON DOMINGOS

Os referidos protocolos foram assinados pelo director regional centro do BPC, José Artiaga, e homólogos de diversas instituições públicas, administradores municipais e chefes de repartições, bem como por comandantes de unidades militares.

Falando a jornalistas, José Artiaga explicou que o novo produto relançado vai funcionar com 80 porcento de dois salários, para pagar em quatro meses, com uma taxa de juro fixada em 2,7 porcento, cuja garantia é ter o salário domiciliado no BPC.

O responsável disse que após a assinatura dos referidos documentos, as condições estão criadas para que os funcionários das referidas instituições comecem a formalizar os pedidos de concessão de crédito, através das listas onde constam os nomes de todos os funcionários por instituição que vão beneficiar do produto.

Entretanto, a vice-governadora para o sector político, social e económica, Deolinda Valiangula, presente no acto, pediu maior responsabilidade aos gestores das instituições, reiterando que o crédito a ser solicitado pelos funcionários deve ser reembolsado, quer para estabilidade do banco, como para que mais trabalhadores possam beneficiar do mesmo.

Benguela é a quarta província a beneficiar do relançamento do crédito salário, após vários anos suspenso.

Loading...
Input your search keywords and press Enter.

Com um gosto você fica por dentro de tudo