A onda de inaugurações equiparadas a vitórias de Pirro

Tal como o seu homólogo do Moxico, o governador de Benguela, Rui Falcão, perdeu uma excelente oportunidade para ficar no seu gabinete. Saiu para inaugurar um PT que dá energia a uma loja de registos que esteve quase cinco anos desligada da rede pública. 
Pela bandeira, indirectamente reconhecida por Leopoldo Muhongo, ao admitir que “os projectos devem ser bem elaborados”, talvez fosse melhor ligar o PT longe dos olhares dos cidadãos que acorrem à loja dos registos. 
Estes cidadãos, como ilustra a imagem, tiveram de esperar umas horitas para tratar dos seus expedientes tudo porque o “camarada chefe” estava a chegar para dar o ar da graça de um equipamento que vem “substituir” o gerador que bumbou sem parar nos últimos anos. 
Puxa, assim mesmo tá bom.

Por: João Marcos

Loading...
Input your search keywords and press Enter.

Com um gosto você fica por dentro de tudo