Mau estado das vias afugentas turistas para Benguela

O avançado estado de degradação das vias rodoviárias tem afectado negativamente a entrada de turistas na província de Benguela, nos últimos tempos, apontou o director do Turismo da província de Benguela, Cristóvão Kajibanga.

Em declaração aOPAÍS o responsável avançou que o péssimo estado da via que liga Luanda a Benguela. entre outras vias, tem dificultado a entrada de muitos turistas. Além disso, avançou que a própria situação conjuntural também foi um dos motivos que levou à redução do fluxo de entrada de turistas. Referiu que a situação já está a ser acautelada pelos técnicos do Instituto de Estradas de Angola (INEA), que garantem que o problema será ultrapassado em breve. Segundo o responsável, o ano passado a província registou a entrada de mais de 1000 viaturas de turistas, número esse que considera ser reduzido em relação aos anos anteriores. Referiu que, no primeiro se mestre do ano em curso, o fluxo de entrada de visitantes chegou a ser de 600 pessoas, com principal incidência nos meses de Fevereiro, em virtude do Carnaval, e no mês de Maio, por causa das comemorações do aniversário da cidade.

Cristóvão Kajibanga avança também que os dias de feriados e nos finais de semana estão entre os dias com maior registo de visitantes, sendo o turismo de lazer o mais frequente. “Nos finais de semana as pessoas querem divertir-se, por isso aproveitam para vir e conhecer a cidade, descansar do stress dos engarrafamentos”, disse. A província conta com mais de 30 hotéis e 80 camas, o que serve para suprir à demanda da província. Avançou também que os preços nas unidades hoteleiras variam de acordo com o tipo de infra-estrutura, como, por exemplo, os empreendimentos de luxo os preços variam de 12 a 18 mil. Entre vários pontos de atracção turística, apontou o Egipto praia, passando pelo Lobito na Restinga, na Catumbela a praia do Bebé, a praia Morena, assim como a baía de Santo António e a baia Farta.

“No entanto, ao nível das questões paisagísticas ligadas ao turismo, Benguela conta com essas valências, que têm sido bem aproveitadas pelos munícipes e os visitantes que passam pela província”, disse. O eco-turismo, mas no interior da província. conta com a reserva do Bufalo e algumas áreas ligadas ao património cultural, sem esquecer os pontos mais fortes que se encontram no município da Catumbela, com a fortaleza de São Pedro, e no Lobito. o museu de Etnografia, entre outras atracções. Avançou ainda a existência no Cambongo Inglês de algumas ruinas ligadas ao tráfico de escravos e, no município sede da província, o museu de Arqueologia, uma estrutura do século XIX, assim como a igreja da Nossa Senhora do Pópulo existente desde o século XVII.


Loading...
Input your search keywords and press Enter.

Com um gosto você fica por dentro de tudo