RNA, TPA, JA e Angop censuram José Eduardo dos Santos

Os órgãos de comunicação governamental não deram tratamento (publicando na sua íntegra) a última intervenção de José Eduardo dos Santos, feita na qualidade de presidente do MPLA, ao congresso extraordinário que elegeu o seu sucessor, gerando suspeitas de ocorrência de um propositado “separatismo”, traduzido em abertura de hostilidade.

Fonte: Club-k.net

Não divulgaram na  integra 

Segundo observações, apenas as intervenções do novo líder, João Lourenço e a integra do do comunicado final, que mereceram destaque da agencia “Angop” e no “Jornal de Angola”.

As suspeitas de um eventual “bloqueio de propósito”, começou a ser sentida logo no final do congresso quando se notou por parte dos organizadores do conclave, a distribuição aos delegados de copia de todas as intervenções ai, feitas, excepto ao do Presidente cessante, dificultando assim a sua subsequente partilha nas redes sócias (whatsup e facebook).

Apenas na tarde de segunda-feira (10) que a íntegra do último discurso do ex-Presidenteapareceu – partilhado no whatsup – por iniciativa de uma das filhas Tchizé dos Santos, agora dedicada na preservação do legado político do pai.

Loading...
Input your search keywords and press Enter.

Com um gosto você fica por dentro de tudo