Depois da cena caricata da troca de papéis por si protagonizada por altura da visita do Chefe de Estado à província que até terça-feira (mal) dirigia, a sobrevivência de João Marcelino Tyipingue estava por um fio.

Bastava, para o efeito, que se desligassem as máquinas que ainda o mantinham vivo para o homem sucumbir. E foi o que o PR fez: apercebendo-se do quanto a casa gastava com a sua “manutenção em vida” na governação da província da Huíla, resolveu fazer o que já esperava: solicitar à equipa médica a interrupção do normal funcionamento de toda a maquinaria.

O ‘velho’ sabia de antemão que tinha a cabeça a prémio a partir do momento do momento em que quase se “borrava” diante de JLo. Pela recorrência da contestação popular, convenhamos que o inteligente seria o homem sair pelo próprio pé.

Mas não: a velha táctica de assobiar de lado com as mãos ao bolso, como se nada se passasse, levou-o a esticar a corda até acabar defenestrado.

Completamente despido, já sem a armadura que o protegia, o Ministério Público tem os condimentos (q.b) para exigir do ‘velhote’ explicações sobre as reais motivações para manter quase que em casa os milhões destinados a Educação.

A ver vamos se desta vez o homem vai “gaguejar” e trocar os papéis…


Por: José dos Santos |Facebook


Loading...
Input your search keywords and press Enter.

Com um gosto você fica por dentro de tudo