Jovem mata duas crianças de uma suposta namorada e culpa a liamba em Benguela

O suposto homicida de duas crianças de seis e oito anos de idade, respectivamente, ocorrido na passada sexta-feira, no bairro da Caponte City, arredores da cidade de Benguela, encontra-se já detido pelo Serviço de Investigação Criminal (SIC), soube hoje, quarta-feira, a Angop de fonte policial.



Trata-se do cidadão Alfredo Tchianga Bongo, de 33 anos de idade, detido no Hospital Geral de Benguela.

Ao falar à imprensa, o suposto criminoso adiantou que o homicídio aconteceu quando se deslocou à residência das vítimas a fim de adquirir o contacto de alguém, através da mãe das crianças, momento antecedido de consumo de bebidas alcoólicas e estupefaciente, pago por amigos.

Segundo Alfredo Bongo, o efeito do álcool e da droga que consumiu motivou-o a realizar o homicídio, começando por esfaquear o rapaz de seis anos com golpes no pescoço, alegadamente por o ter respondido mal.

“A menina, apercebendo-se do que estava a acontecer começou a gritar e, seguidamente, agarrei-lhe e a esfaqueei igualmente nas mesmas condições”, contou o suposto homicida, avançando que após cometer o crime pegou no televisor plasma e no descodificador para parecer um roubo e meteu-se em fuga.

Questionado sobre a relação que mantinha com a família, fez saber que frequentava a casa há mais de 10 meses, onde interagia com as crianças com normalidade, bem como com os seus progenitores.

Alfredo Bongo, natural de Cabinda, casado e pai de quatro filhos, mostrou-se arrependido pelo crime cometido e aproveitou a oportunidade para pedir publicamente desculpas à família enlutada e a toda sociedade.

Entretanto Núria Morais, membro da família das vítimas, que enalteceu o trabalho do SIC no esclarecimento do crime, pediu igualmente que os órgãos de direito façam justiça.

Passados seis dias do acontecimento, a Angop voltou ao local do crime (residência) e constatou que após a realização do óbito o casal separou-se e casa encontra-se definitivamente encerrada.

Os vizinhos continuam consternados com o sucedido e ao mesmo tempo pedem que o autor seja rigorosamente responsabilizado pelo crime.

Uma menina de 10 anos de idade, vizinha que conviveu desde pequena com as vítimas, disse já sentir saudades dos amigos, sobretudo das suas brincadeiras.

O SIC apresentou igualmente outros quatro cidadãos, dos quais o jovem Augusto Magalhães, de 20 anos de idade, acusado de ter morto a facada o seu amigo no passado domingo, Afonso Fernando, de 53 anos de idade, acusado de espancar até a morte a sua esposa no município do Lobito e António Domingos, detido supostamente por realizar assaltos a mão armada no município da Catumbela.

O director de Comunicação Institucional e Imprensa do MININT em Benguela, superintendente-chefe Pinto Caimbambo, adiantou que após um trabalho realizado pelos órgãos operativos foi possível esclarecer os três crimes de homicídios que abalaram a sociedade, com realce para o caso dos menores.

O oficial apelou à sociedade no sentido de continuar a denunciar todos os actos de insegurança que ocorrem nas comunidades, para que as forças da ordem estejam no encalço dos prevaricadores.

Loading...
Input your search keywords and press Enter.

Com um gosto você fica por dentro de tudo