O PR vai deslocar-se ao princípio do próximo mês à China onde deverá contrair novos empréstimos para o país. O kilapi será feito em nome do Povo Angolano, o que significa que vai vincular todos nós à dívida.
Angola já tem uma dívida bastante alta para com o gigante asiático, assim como com outros países. Dificilmente, as actuais gerações conseguirão honrá-la, pelo que presumo, a mesma vai afectar os angolanos que ainda não nasceram. Significa que cada angolano que venha a conhecer a luz do dia nascerá já endividado até ao pescoço.
Já que a dívida diz respeito a todos, seria bom que os angolanos tivessem o direito de saber o que o Executivo vai fazer com o dinheiro, de forma a evitar-se os esbanjamentos e as vaidades como fizeram no CAN/2010, Mundial de Hóquei em Patins, com a construção de «elefantes Brancos», estádios de futebol que não alimentam as barrigas de miséria do povo; evitar-se a construção de novas «estradas de esferovite» e pontes que se vergam à passagem dos camiões, etc.
Jlo poderia ser diferente do seu predecessor caso se dignasse a informar ao Parlamento o que pretende fazer com os novos empréstimos que vai buscar à China, quanto mais não seja junto dos deputados do «maioritário» que, por incrível que pareça, não sabem quanto Angola deve ao estrangeiro.
Colher opiniões junto ao «hemiciclo» de como gerir o dinheiro e fiscalizá-lo não significa perda do poder de soberania antes, pelo contrário, dignifica a gestão da coisa pública tornando-a transparente.


POR: ILÍDIO MANUEL |FACEBOOK


A imagem pode conter: 1 pessoa


Loading...
Input your search keywords and press Enter.

Com um gosto você fica por dentro de tudo