O Presidente da República, João Lourenço, tem viagem agendada para o dia 11 de Julho à província da Huíla, onde vai orientar a sessão da Comissão Económica do Conselho de Ministros

A primeira reunião do Conselho de Ministros fora de Luanda teve lugar em Novembro último na província de Cabinda. Em Fevereiro último, o Chefe de Estado presidiu, em Benguela, a primeira Reunião do Conselho de Governação Local, com a tónica acentuada na implementação das primeiras eleições autárquicas em 2020.

Na ocasião, o chefe de Estado realçou uma “excessiva concentração e centralização dos poderes”, na forma de governação que caracteriza o país, razão pela qual considerou imperativo o potenciamento da autonomia dos municípios de Angola.

A Comissão Económica do Conselho de Ministros tem como incumbência tratar da agenda macro-económica do Executivo angolano e assegurar a condução da gestão económica, em harmonia com os objectivos e as prioridades do Programa de Governação do Presidente da República.

Imprensa internacional elogia discurso histórico de João Lourenço no Parlamento Europeu Saliente-se que João Lourenço está de regresso de Estrasburgo, França, onde participou na última sessão plenária do Parlamento Europeu, com um discurso que foi bastante apreciado pela imprensa internacional.

João Lourenço deslocou-se a Estrasburgo a convite do presidente do Parlamento Europeu, António Tajani, tendo sido esta a primeira vez que um chefe de Estado angolano se dirigiu aos deputados do Parlamento Europeu. Na generalidade, o discurso foi visto como histórico, em que João Lourenço apresenta um país mais aberto ao mundo.

“Discurso histórico de João Lourenço em Estrasburgo”, escreve o jornal Expresso, de Portugal. A publicação detalha no seu site que o Presidente angolano esteve esta Quarta-feira no Parlamento Europeu, onde durante 15 minutos assinalou os ventos de mudança em Angola, vincando que é “um país mais aberto ao mundo e por isso mais amigo do investimento”.

O Expresso, tal como várias outras publicações europeias, destaca também o facto de João Lourenço se ter tornado o primeiro Presidente de Angola a discursar no Parlamento Europeu. Por seu turno, o site alemão Deutsche Welle (DW) sublinha que o Presidente angolano Lourenço destaca a “cruzada contra a corrupção” no Parlamento Europeu.

No seu discurso em Estrasburgo, João Lourenço sublinhou que Angola está “aberta ao mundo”. “O Presidente angolano tem estado a arrumar a casa para atrair mais investidores estrangeiros e prometeu resultados para breve”, escreve.

O site DW deu também destaque à referência de João Lourenço à existência de matérias de interesse comum entre Angola e a União Europeia, entre elas as que têm a ver com o desenvolvimento económico e social, a segurança, o combate ao terrorismo e o controlo dos fluxos migratórios de África para a Europa.

O site recorda, a propósito, que “há poucas semanas ainda, entre o fim do mês de Maio e o início de Junho, João Lourenço já tinha efectuado visitas oficiais a Paris assim como a Bruxelas, onde chegou a avistar-se com Donald Tusk, presidente do Conselho Europeu”.

A RFI acrescenta que, questionado sobre o objectivo destes novos contactos com as entidades europeias, João Lourenço, cujo país assegura actualmente a presidência rotativa do órgão de cooperação nos domínios Político, de Defesa e Segurança da Comunidade de Desenvolvimento da África Austral (SADC), evocou as “relações antigas” entre Angola e a União Europeia, os seus interesses comuns, nomeadamente em termos de desenvolvimento económico, questões de segurança, bem com o controlo dos fluxos migratórios.

Loading...
Input your search keywords and press Enter.

Com um gosto você fica por dentro de tudo