O relatório sobre a condução sob efeito de álcool nos cinco primeiros meses deste ano traz uma revelação: não são os jovens os que mais «bebem» e andam ao volante. As operações policiais realizadas nas estradas de Luanda permitiram apurar que a maior parte dos acidentes de viação sob efeito de álcool foi provocado por automobilistas com idade acima dos 41 anos.

A edição em papel do Novo Jornal traz um especial sobre os efeitos nefastos da condução sob efeito de álcool.