João Lourenço recebeu magnata francês sócio das empresas do MPLA

O Presidente angolano João Lourenco, reuniu-se em privado, no passado dia 28 de Maio, em Paris, com o magnata francês Pierre Jesus Sebastian Castel, tido como o  mais importante  empresário,  que tem investido em Angola. O encontro a dois aconteceu depois de o Chefe de Estado ter se reunido com centenas de empresários no clube privado Union Interalliee,  em Paris.

Fonte: Club-k.net

Pierre Castel, de 92 anos de idade, é o dono do grupo Castel Group a quem, o então Presidente José Eduardo dos Santos privatizou a seu favor, no ano de 2005, as principais cervejeiras  do Estado (CUCA, EKA, NOCAL) e concedeu à CASTEL através da empresa BGI. Estas empresas são, por sua vez, controladas pela GEFI, a holding do MPLA. O PCA da GEFI, é Mário António  Carvalho, o membro do BP do MPLA, mais próximo de João Lourenço.

A ligação de Pierre Castel a Angola data desde os anos 90, altura em  que o Presidente JES, o teria feito  cônsul honorário de Angola em Genebra, Suíça. Castel detém presentemente uma fortuna  calculada em 9,9 bilhões de dólares. Em Angola, o mesmo já investiu mais de mil milhões de dólares  na construção e ampliação de fábricas de Luanda, Huambo, Benguela, Huila, Cabinda e Cuanza Norte.

No recente encontro privado com JLO, o empresário francês abordou sobre a presença da sua empresa Geocoton, de Abbas Jaber que esta a participar no relançamento do sector de algodão numa área de 2.000 hectares de terra perto de Malanje. O Presidente João Lourenço, por sua vez, manifestou interesse de ver o sector do  agronegócio atrair mais investidores estrangeiros, para Angola.


Loading...
Input your search keywords and press Enter.

Com um gosto você fica por dentro de tudo