Preços de hotéis em Angola continuam muito altos

O Executivo liderado por João Lourenço pretende atrair mais investimentos para o país. No entanto, os preços dos hotéis em Luanda e noutras regiões não são muito atractivos. Os hóspedes podem pagar até Kz 200 mil por um quarto de casal, o equivalente a USD 500 no câmbio oficial. O secretário-geral da Associação dos Hotéis e Resorts de Angola (AHRA), Ramiro Barreira, defende melhores condições do mercado para os hoteleiros.

Apesar do aumento do número de quartos e do consequente crescimento da rede hoteleira e similares, os preços ainda são considerados altos em Luanda e noutras províncias. Nos principais hotéis localizados na baixa da cidade, designadamente, Trópico, Epic Sana, Skyna, Alvalade, Presidente e Diamante, os preços estão acima de Kz 60 mil. No hotel HCTA, de cinco estrelas, no bairro do Talatona, os preços variam entre Kz 94.160 a Kz 1.070.000. Quarto Standard de luxe Kz 94.160, king size bed, Kz 171.200 junior suite 256.800, suite executiva Kz 256.800, suite presidencial, kz 1.070.000, suite villa Kz963.000. O hotel Epic Sana, apesar de ter os preços elevados em relação aos demais existentes em Luanda, é dos mais procurados por parte dos clientes. De acordo com um dos funcionários, que preferiu não ser identificado, 90 % dos ocupantes do hotel de cinco estrelas pertencem a empresas estrangeiras que funcionam no país.

O quarto mais barato custa Kz 124.900, enquanto o mais caro custa mais de Kz 600 mil. Localizado no centro da cidade de Luanda, o Hotel Trópico tem preços a partir de Kz 80 mil, para um quarto simples, Kz 87 mil o duplo, chegando aos Kz 120 mil para tarifa meia-pensão. Neste hotel, que é uma das maiores unidades hoteleiras do país, a suite presidencial (individual) custa Kz 604.515. Mais acima, no Hotel Skyna, um quarto sigle custa Kz 62 mil, o duplo Kz 67 mil, Kz 70 mil a suite executiva, e Kz 115 mil e 500 a suite para uma pessoa. No Hotel Alvalade, também cidade antiga de Luanda, o preço do quarto Standard é Kz 70 mil e 896, o duplo Kz 77 mil 226, a tarifa executiva single custa Kz 73 mil 639, Kz 79 mil 969 o executivo duplo, Kz 86 mil 510 a tarifa meia pensão, e Kz 108 mil 454 o duplo, ao passo que a suite júnior custa Kz 137 mil 150. Em todos os hotéis visitados por OPAÍS, aos fins de semana os preços são revistos em baixa, na ordem de pelo menos 10%.

Agatha e Tivoli entre os mais baratos

Localizado na zona do Morro Bento, município de Luanda, e a menos de 15 minutos do Aeroporto Internacional “4 de Fevereiro”, o Agatha Hotel é dos que possuem preços considerados baixos. Por exemplo, o quarto individual pode ser ocupado por Kz 16 mil, o casal pagará kz 20.000, suite Kz 30 mil, quarto com camas separadas kz 27 mil. Com tarifas consideradas promocionais, o Hotel Tivoli tem preços a partir de Kz 20 mil (quarto individual), Kz 24 mil o duplo, Kz 30 mil a suite. Para os menores de idade, até aos 10 anos de idade, o acesso é livre desde que ocupem a mesma cama que os pais.

Huíla, Benguela e Huambo…

Nos hotéis das províncias da Huíla, Benguela e Huambo os preços também não são tão “simpáticos” assim.tal como acontece com Cabinda, Namibe e Cunene, províncias cujos preços de hotéis, hospedarias e resorts estão acima do procurado por potenciais investidores, quer nacionais, quer estrangeiros.

E o que diz AHRA

Por sua vez, o secretário-geral do Associação dos Hotéis e Resorts de Angola (AHRA), Ramiro Barreira, não considera os preços dos hotéis elevados, pelo facto de as condições do mercado não favorecerem os hoteleiros, nomeadamente a ausência de água e a falta de energia eléctrica, que cria enormes dificuldades na operacionalização dos hotéis. “Muitos hotéis trabalham com uma média diária de 60 horas com a luz de gerador, no interior do país alguns hotéis não possuem energia eléctrica e funcionam com fonte alternativa, daí os custos elevados dos quartos. Ramiro Barreira referiu que quando se constrói hotéis o m2 é alto, comparativamente aos outros continentes, esse factor leva a que os empresários estipulem um determinado preço.Porém, acredita que ao nível da hotelaria os preços vão reduzir, principalmente nas províncias do Huambo e Benguela, que possuem hotéis de três estrelas e as taxas de ocupação são reduzidas.

Os preços nos hotéis de três estrelas em algumas províncias variam entre os Kz 12 e os 16 mil. Na sua opinião, hotéis de cinco estrelas são caros em qualquer parte do mundo, deste modo, um turista procura pacotes turísticos ou hotéis mais acessíveis. Para Ramiro Barreira é necessário melhorar o ambiente de negócios, não obstante os empréstimos bancários continuarem a exibir a taxas de juros muito altas, ao que acresce o facto de os acessórios e material para equipar hotéis serem quase todos importados. Barreira fez saber que AHRA tem um programa que prevê o refinanciamento do sector hoteleiro em Angola, a renegociação das dívidas dos hotéis, tendo em conta as condições do mercado que se alteraram desde quando foram feitos os estudos de viabilidade. O refinanciamento visa reactivar o sector, também com a formação de quadros das unidades hoteleiras e melhorando as envolventes e os produtos hoteleiros.


Loading...
Input your search keywords and press Enter.

Com um gosto você fica por dentro de tudo