O Sindicato Nacional dos Professores (SINPROF) está de luto. Morreu da tarde desta sexta-feira na cidade de Benguela o representante provincial da organização sindical, Armindo Kambelela. O sindicalista foi encontrado morto em sua casa. Ao que tudo indicada Armindo Kambelela terá colocado um ponto final a sua vida enforcando-se. Não se sabem as razões que levaram o sindicalista a suicidar-se.

A morte de Armindo Kambelela, surge numa altura em que  o Sindicato Nacional dos Professores (SINPROF)  tem marcado para segunda-feira, dia 9, o início de uma greve. A paralisação visa forçar o executivo a dar respostas as reivindicações, com realce para aprovação do Estatuto da Carreira Docente, o Regime de Avaliação de Desempenho e o Regulamento de Transição das Categorias, tendo em conta a melhoria das condições salariais dos professores.

A Polícia de Investigação Criminal foi accionada pelos familiares da vítima para as circunstâncias e as motivações da morte do sindicalista.

Em actualização

Loading...
Input your search keywords and press Enter.

Com um gosto você fica por dentro de tudo