Malanjinos não querem pagar a taxa de circulação

O pagamento da taxa de circulação 2017 regista fraca adesão por parte dos automobilistas em Malanje, a julgar pela quantidade de selos comercializados até ao momento, segundo deu a conhecer, quarta-feira, o chefe da Repartição Fiscal de Malanje, da segunda Região Tributária do país, Sebastião Francisco António.

De acordo com o responsável, a província recebeu para a comercialização este ano, seis mil e 800 selos de taxa de circulação, mas desde o início das vendas a 2 de Janeiro último até ao momento foram apenas vendidos mil e 474, número que demonstra alguma fragilidade por parte dos automobilistas.

Disse que com os 6 mil e 800 selos, espera-se arrecadar para os cofres do Estado, 36 milhões e 532 mil kwanzas, mas nesta altura as vendas renderam apenas 9 milhões, 644 mil e 463 kwanzas.

O responsável fez saber que a Repartição Fiscal de Malanje tem ainda disponíveis para a comercialização, 5 mil 326 selos, pelo que apelou aos automobilistas a cumprir com o pagamento da taxa de circulação até ao dia 31 deste mês, data limite para o efeito, sob pena de incorrem em multa de 50 porcento do valor correspondente a taxa, findo o prazo.

A taxa de circulação do ano 2016, rendeu para os cofres do Estado, 17 milhões e 150 mil kwanzas, resultantes da venda de mil e 505 selos, dos 3 mil e 500 que a província dispunha.

Quanto aos preços, que foram reajustados recentemente em 22,69 por cento, a taxa para os motociclos ronda os mil e 850 kwanzas para os de até 125 centímetros cúbicos, 2 mil e 450 para os de 126 cc a 450 cc, ao passo que aos motociclos que têm 451 cc em diante, está a ser cobrado 3 mil e 50 kwanzas.

Para os veículos ligeiros, o valor dos selos cifra-se em 3 mil e 300 kwanzas para os de até 1500 cc, 4 mil e 900 aos de 1501 a 1800 cc, 6 mil e 750 para os veículos de 1801 a 2400 cc e 9 mil e 200 aos veículos ligeiros de a partir de 2401 cc, sendo que para os pesados o valor está fixado em 10 mil e 450 kwanzas para os de 10 toneladas e 15 mil e 350 kwanzas para os pesados com mais de 10 toneladas.

Os selos podem ser adquiridos na Repartição Fiscal de Malanje, bancos comerciais, supermercados, Centro Integrado de Atendimento ao Cidadão (CIAC) e bombas de combustíveis como pontos de pagamento.

Loading...
Input your search keywords and press Enter.

Com um gosto você fica por dentro de tudo