Mais um golpe de Facão a Isaac dos Anjos

A Clínica Privada Internacional que funcionava há vários anos no interior do Hospital Geral de Benguela foi transformada, no decurso deste mês, em enfermaria gerida pelo Estado que privilegia uma tabela de preços módicos, anunciou o director provincial da Saúde.

António Cabinda esclareceu que esta medida visa proporcionar uma assistência médico-medicamentosa para os cidadãos, fundamentalmente, os mais carenciados.

Esclareceu que os valores das comparticipações a aplicar aos utentes da antiga Clinica Internacional beneficiam, doravante,os doentes mais necessitados, tendo em conta as suas limitações em aceder a uma consulta, tratamento ou na compra de medicamentos, numa altura em que se vivem momentos de crise a todos os níveis.

Em declarações à imprensa, António Cabinda reconheceu o momento transitório, atendendo estar em curso estudos e análise de decretos ou deliberações afins, sobre a aplicação em novos moldes das comparticipações aos usuários, a implementar a partir do próximo mês de Abril.

Segundo o director, esta comparticipação visa a sua uniformização alinhando ao mais baixo custo para cumprir os pressupostos das isenções, levando em conta, o seu incumprimento por parte da maioria das unidades hospitalares, cujo projecto de privatização de unidades públicas no HGB violam as normas do regulamento do Ministério de tutela.

O responsável disse que a melhoria da humanização dos Serviços de Saúde passa pela criação de equipas fortes, coesas e formação contínua dos técnicos.

Loading...
Input your search keywords and press Enter.

Com um gosto você fica por dentro de tudo