Imogestin desmente venda de casas no centralidade do Lobito

A Imogestin informou ser falso o documento posto a circular nas redes sociais sobre o início de vendas de casas na centralidade do Lobito, província de Benguela, por esta imobiliária.

De acordo com  uma  nota  entregue  nesta terça-feira à Angop, o suposto  documento  nº06/18, alegadamente emitido pela  Imogestin, tem o logótipo da  empresa,   assim como o carimbo usado nesta instituição.

Tal documento indica que o início de venda  de  casas decorreria de 01 a 10  de  Abril,  deste  ano.

“ O documento  em referência é falso, pelo que  desmentimos  categoricamente  o início  das vendas  ou qualquer  outro  projecto  habitacional  do Estado  sob  nossa gestão”, lê-se na nota oficial da imobiliária.

A Imogestin refere que  a comercialização  de habitações  dos projectos  habitacional do Estado  na  venda  livre ao público é  feita por  intermédio do seu portal  de  candidaturas (www.imocandidaturas.co.ao).

O  início  da comercialização, na  modalidade  acima referida,  será feito  tão logo haja  condições para o  efeito, visto  que a  imobiliária  fará  a comunicação através dos  órgãos da comunicação social.

Para o  falso  comunicado, a empresa  diz que  o mesmo  foi feito  por  gente  criminosa  que pretende  com  a  acção  enganar  cidadãos  menos  avisados.

Entre  outros  aspectos, o  falso comunicado faz  menção  do número de  casas  disponíveis  na  centralidade do  Lobito,  um total de três  mil  unidades,  tipologias e preços.

Loading...
Input your search keywords and press Enter.

Com um gosto você fica por dentro de tudo