Empresa de Águas em Benguela sob inspecção devido a visita milionária do PCA ao Brasil

A Empresa de Águas e Saneamento de Benguela encontra –se sob inquérito de uma Comissão proveniente da Inspecção Geral das Finanças desde o dia 24 do corrente mês sobre orientação expressa dos Ministro das Finanças Archer Mangueira.

Segundo consta a mesma Comissão terá como missão proceder uma avaliação sobre as questões relacionadas com o imobilizado da Empresa, Finanças e verificação pontual e revisão sobre relatório sobre atrasados, deverão igualmente serem analisadas as contas da respectiva Empresa durante a vigência do Presidente do Conselho de Administração (PCA) Jaime Alberto.

A visita milionária do PCA Jaime Alberto ao Brasil, terá acelerado a respectiva vinda da comissão uma vez que, cada vez mais vão se evidenciando uma gestão danosa do erário público por parte do mesmo gestor.

Uma gestão que é encarada pelos trabalhadores como sendo autoritária, ausência de relações pessoais e marcada por nepotismo visto que grande parte dos dirigentes da área comercial são de seus famílias (sobrinhos e sobrinhas) com os quais tem arquitetado o desvio de avultadas somas da área comercial, bem como Fornecedores em Portugal aonde o mesmo beneficia de comissões chorudas.
Parece que a gestão a que muitos gestores públicos estão habituados em que se confunde a Empresa com sua casa tem dias contados na era de João Lourenço.


Loading...
Input your search keywords and press Enter.

Com um gosto você fica por dentro de tudo