BPC notifica devedores a reembolsarem dinheiros de crédito

O novo director regional do Banco de Poupança e Crédito (BPC) no Leste do país, Manuel Coimbra, instou quarta-feira, no Dundo, os devedores da Lunda Norte a honrarem os compromissos em relação ao crédito estimado em cinco biliões de Kwanzas.

O bancário manifestou tal preocupação à imprensa no final de um encontro de cortesia com o governador da Lunda Norte, Ernesto Muangala, que serviu para sua apresentação e de outros membros da direcção, nomeadamente, José Mulumba, actual gerente coordenador interino do BPC do balcão de Cambulo e  Eugénio Camuanga, membro da direcção regional leste do BPC, que engloba as províncias da Lunda Norte, Lunda Sul e Moxico.

O gestor aproveitou a ocasião para expor a  necessidade de bancarização dos subsídios de um  número considerável de  antigos combatentes e veteranos da pátria, tendo feito notar a vulnerabilidade na movimentação de elevadas somas de dinheiro para pagamentos à mão, muitas vezes sem a devida segurança.

Para ele, a bancarização permite, por outro lado, a satisfação de outras necessidades além de manter a liquidez do banco.

Ao receber tal orientação, o director provincial do Gabinete dos Antigos Combatentes e Veteranos da Pátria, Pedro Blair, garantiu  que o processo encontra-se em curso desde Novembro passado, essencialmente no Caúngula e Lubalo, municípios com necessidade de bancos.

O Banco  de Poupança e  Crédito (BPC) controla oito balcões e um posto de atendimento.

A província conta com dez municípios e mais de novecentos mil habitantes.

Loading...
Input your search keywords and press Enter.

Com um gosto você fica por dentro de tudo