Foi o tema hoje do programa “A Sua Manhã” na TPA 1, o principal canal da televisão Pública, exactamente no momento em que na Assembleia Nacional estavam a ser apresentadas as duas propostas de lei do Repatriamento do Capital da iniciativa da UNITA e do Executivo.

Tratam de duas propostas de elevado simbolismo histórico e de valor económico para o país.
É nesta perspectiva basica em que se devia fundamentar a argumentação dos responsáveis de conteúdos das respectivas emissoras.

Como eu que não pude marcar presence na sede da Assembleia Nacional ficaram privados de seguir este acontecimento os mais de 24 milhões de Angolanas e não só, interessados dentro e for a das nossas fronteiras, privados desta transmissão do debate. O país perdeu a oportunidade de transmitir ao mundo a mensagem de que em Angola se está a virar a página nesta luta de desencorajamento da corrupção .

Somente por vergonha suponho, de quem pela confissão implícita (desvio do dinheiro para o estrangeiro) junto das populações, “os ladrões” que detêm ainda uma larga influencia e exercem controlo sobre quase todos orgãos de imprensa que operam em Angola, determinaram junto das redacções, a não transmissão deste importante debate.

Daí entender-se que nem se quer no jornal da tarde da TPA houve uma reportage sobre o assunto. Referiu-se. Houve promessa, mas nao se passou disso e deu-se primazia a eventos como o CANFEU… a farra da JMPLA em Malanje.

As declarações políticas dos líderes parlamentares, apenas estas, passaram sim em directo, mas foi no canal 2 da TPA.

Da ZIMBO não exigiria tanto! Muito menos doutros canais privados nas plataformas de sinal fechado.

Apesar de nao ter transmitido de manhã (se quer as declarações políticas) a RNA deu tratamento noticioso (13 horas) …
Como me poderão incutir a ideia duma pretensa mudança na media em Angola, nesta era “lourenciana”!?

Por: Alexandre Solombe


Foto de Aleki Aleki.
Foto de Aleki Aleki.
Foto de Aleki Aleki.
Foto de Aleki Aleki.
Foto de Aleki Aleki.

Loading...
Input your search keywords and press Enter.

Com um gosto você fica por dentro de tudo