Médico é espancado por negar atender paciente no Hospital dos Cajueiros

Um médico identificado por Bernardo, do Hospital dos Cajueiros, no município do Cazenga, foi espancado por três jovens por negar dar assistência médica a um paciente ferido.
O facto ocorreu na noite de sábado, quando três jovens em estado de embriaguez, deram entrada ao hospital com um amigo ferido, e um dos médicos em serviço, identificado por Bernardo, negou assistir o paciente por alegadamente estar bêbado.

De acordo a fonte da Angola-Online, o médico foi espancado e rasgado a bata, e os seguranças não foram a tempo de impedir a agressão.

Um dos jovens agressores foi detido, enquanto outros dois continuam em fuga.

Segundo ainda a mesma fonte, o médico pretende levar os seguranças do hospital ao Tribunal por não garantirem a sua protecção.

Loading...
Input your search keywords and press Enter.

Com um gosto você fica por dentro de tudo