Now Reading:
Mata filho para livrar-se da pressão da ex-esposa por pensão alimentícia

Mata filho para livrar-se da pressão da ex-esposa por pensão alimentícia

Um crime com requintes de crueldade aconteceu neste sábado no bairro 4 de Abril, na cidade de Benguela. Um cidadão asfixiou até a morte o próprio filho de apenas nove meses. O crime que teve como palco a residência dos sogros teria sido motivado supostamente por divergência na prestação da pensão alimentícia.

O casal que estava separado há pouco mais de seis meses mantinha uma relação conturbada que tinha sempre no centro da discórdia a assistência ao filho.

A polícia Nacional confirma a ocorrência. O porta-voz do comando provincial, Pinto Caimbambo, sem avançar muitos dados, faz saber apenas que autor do crime encontra-se já detido.

“Porque razão mão se sabe até ao momento, só ele poderá conhecer melhor a razão da decisão que ele tomou, ir à casa dos sogros onde se encontra a mulher e filho”, refere o superintendente que acrescenta que após encontrar o filho deitado asfixiou até a morte.

“Encontrou o menino de 9 meses deitado e asfixiou-o até morte. Depois do crime disse apenas que o problema estava resolvido. Que problema esse? Ainda não sabemos”, contou

O jurista Domingos Tchipilica faz uma leitura cuidadosa. Olhando para as supostas motivações, o jurista diz que é preciso encarar com algum cuidado a razão do crime por revelar uma realidade social patente em muitas famílias

Loading...
Input your search keywords and press Enter.

Com um gosto você fica por dentro de tudo