Jovem acusado de deitar cadáver do filho numa vala em Luanda

Duas famílias entraram em pancadaria pelo desaparecimento do cadáver de um recém-nascido, no bairro Boa Fé, município de Viana, em Luanda.
 Segundo a fonte da Angola-Online, Feliciana Américo, deu a luz em casa, sem a presença do marido que estava na casa doutra mulher, mas o bebé nasceu com insuficiência respiratória.

Ao ver o estado do filho, chamou o marido, prontamente para o hospital, o recém-nascido morreu nos braços do pai, que levou o corpo para parte incerta.

A jovem Feliciana desconfia que o marido tenha deitado o filho numa vala, visto que, ouviu um dia depois informações da remoção do corpo dum bebé numa vala próxima.

As duas famílias entraram em pancadaria na disputa do cadáver, tendo os pais da jovem acabarem detidos. O caso já é do domínio da Polícia local.

Loading...
Input your search keywords and press Enter.

Com um gosto você fica por dentro de tudo