Segundo o mesmo documento, foram, igualmente, nomeados os jornalistas Estanislau Garcia, para o cargo de director adjunto de Informação, Amélia Mendes para directora adjunta de Programas, Mateus Fula (director do Gabinete de Planificação e Produção), Gilberto Júnior (director do Gabinete de Coordenação das Rádios Provinciais), Carla Castro (directora de Acompanhamento e Coordenação de Emissão) e Sónia Afonso e António Clara (assessores para a Área de Conteúdos).

“Com essas nomeações estão criadas as condições para que a nova direcção da Rádio Nacional de Angola dê inicio à remodelação a nível das emissoras das províncias, onde alguns directores estão à frente das direcções há mais de duas décadas”, disse ao Novo Jornal Online uma fonte da instituição.

Recorde-se que o Presidente da República, João Lourenço, nomeou a 9 de Novembro do ano passado, o novo Conselho de Administração da Rádio Nacional de Angola liderado por Marcos António Quintino Lopes.

A Rádio Nacional de Angola é uma empresa de radiodifusão pública. Foi fundada em Outubro de 1977. A RNA opera cinco estações de rádio na capital (Canal A, Rádio N’Gola Yetu, Rádio Luanda, Rádio FM Estéreo, Rádio 5, Rádio Cazenga, Rádio Escola, Rádio Cacuaco e Rádio Viana), 18 estações regionais (uma por província) e uma estação de rádio internacional (Serviço Internacional).