Carlos Queiroz: «Messi não devia poder jogar até provar que é humano»

Carlos Queiroz vai reencontrar Portugal no Campeonato do Mundo. O selecionador do Irão não esconde a satisfação por defrontar a equipa das quinas, sobretudo Cristiano Ronaldo, com quem privou no passado no Manchester United e na seleção portuguesa, ainda que com alguns conflitos pelo meio.

«Sendo um treinador português, jogar contra Portugal será um momento muito especial e para os meus jogadores também. Será interessante defrontá-los, assim como defrontar Espanha e Marrocos. É um grupo muito interessante neste Mundial», afirmou Queiroz, em entrevista ao site da UEFA.

«Vai ser especial, como é sempre quando defrontamos grandes jogadores. Neste caso, é o melhor jogador do Mundo [Cristiano Ronaldo]. Mas quando o jogo começar, serão apenas duas equipas a tentar ganhar. O futebol vai decidir quem ganha», sustentou.

Convidado a partilhar algumas memórias que tenha com o capitão da Seleção Nacional, Queiroz preferiu não falar muito no passado para focar-se no presente.

«As memórias ficam comigo. Partilhámos projetos no Manchester e na Seleção Portuguesa. Já foi há muito tempo. O Mundial da África do Sul já foi há uns anos. Os tempos mudaram e agora tenho outros Ronaldos comigo. São jogadores importantes como Jahanbakhsh, Goochannejad, Karimi, etc. É para estes Ronaldos que tenho de olhar para atingir o sucesso que desejamos», defendeu.

Ainda durante a entrevista à UEFA, o selecionador do Irão recordou o encontro com a Argentina no Mundial do Brasil, em 2014, deixando rasgados elogios a Lionel Messi.

«Sempre disse que Messi é um jogador extraordinário, não é deste mundo. Se Messi fosse humano, não teria tido aquele momento mágico. Não gosto de perder, mas não saí desse jogo com um sentimento negativo. É por causa desses momentos que o futebol é um dos melhores desportos do mundo e é ainda mais especial quando vem de um jogador que não devia poder jogar até provar que é humano», assumiu.

Loading...
Input your search keywords and press Enter.

Com um gosto você fica por dentro de tudo