Bento “Kangamba” está a ser usado como “arma de arremesso” numa disputa entre celebridades brasileiras, que tem como pivot o cantor Naldo Benny, apelidado por alguns de “Chris Brown brasileiro”.

Separado da produtora Branka Silva, após 15 anos de união, o músico voltou a casar-se, em 2013, com a ex-dançarina Ellen Cardoso, popularizada como “Mulher Moranguinho” e alvo dos ataques que envolvem o general angolano.

A história, que nos últimos dias vem animando a secção de “Famosos” de várias publicações brasileiras, tem no Instagram o seu ponto de ignição.

Foi através dessa rede social que a ex-mulher de Naldo, Branka Silva, “caiu em cima” da sua rival “Moranguinho”, desenterrando uma imagem de 2013, em que a ex-dançarina surge com outras duas mulheres e um homem.

A fotografia, captada numa antiga viagem a Angola, é exibida com a mesma legenda que fez manchetes há cerca de cinco anos, altura em que Bento “Kangamba” se tornou alvo de suspeitas de tráfico internacional de mulheres para prostituição.

Embora o general tenha sido absolvido pela justiça brasileira, e até manifestado a intenção de processar o seus detractores, a fama de “chefão da prostituição de luxo em Angola” perdura.

É precisamente esta a legenda que surge associada ao seu nome, na imagem partilhada no Instagram para atacar Ellen Cardoso.

“A Mulher Moranguinho, esposa do astro Naldo Benny, é vista em foto que seria o general Bento Kangamba, apontado pela Polícia Federal como o chefão da prostituição de luxo em Angola”, lê-se na mensagem que ilustra a foto, captada nas bancadas de uma partida do Kabuscorp do Palanca.

Apesar da referência a “Kangamba” o homem da imagem não é o general, pormenor que não aligeirou o ataque da ex-mulher de Naldo contra a actual.

“A coitada não sou bem eu. Já você tem que se lembrar de onde veio, o que fazia e o que você é”, escreveu Branka Silva.

A publicação já mereceu o repúdio do “Chris Brown brasileiro”, que saiu para a praça pública em defesa da mulher, de quem chegou a estar separado no final do ano passado, num processo que envolveu acusações de violência doméstica.