Presidente da Huwaei multa-se a si próprio por “má gestão”: 130 mil euros

Os líderes executivos da Huawei, incluindo o fundador e presidente executivo da empresa chinesa, Ren Zhengfei, vão pagar um conjunto de multas no valor de 382 mil euros (três milhões de yuans) por “má gestão” da empresa. A decisão foi imposta pela própria direcção da gigante tecnológica. Só o fundador e presidente executivo terá de pagar à sua empresa cerca de 130 mil euros (um milhão de yuans).

A informação consta num documento interno da empresa, que foi difundido na noite desta quinta-feira e citado pela Reuters. De acordo com o documento, a administração deve assumir responsabilidades pela “liderança ineficaz”.

Os três vice-presidentes — Guo Ping, Eric Xu e Ken Hu — foram também alvo destas penalizações e terão de pagar, cada um, uma multa de 63 mil euros (meio milhão de yuans).

O documento denuncia que alguns departamentos revelaram “problemas de qualidade e fraudes” nos anos mais recentes e que por isso a administração decidiu apontar responsabilidades aos gestores.

“Ren Zhengfei não decidiu aplicar esta multa em resposta a nenhum acontecimento em específico, mas para encorajar a equipa de gestão a reflectir e reajustar as decisões passadas”, esclareceu a empresa num comunicado enviado à Reuters.

A gestão da empresa chinesa assenta numa política de disciplina rígida e numa exigente autocrítica.

De acordo com uma fonte da Reuters próxima da empresa, foram encontrados dados inflacionados de vendas nas representantes da empresa no Norte e Leste da Europa, mas não são conhecidos detalhes sobre os números.

Loading...
Input your search keywords and press Enter.

Com um gosto você fica por dentro de tudo