Job Sipitali, 30 anos, natural do Cubal, sai do anonimato de uma forma que acontece com poucos. Depois de ter sido publicado em Portugal, pela Perfil Criativo Editora, por iniciativa e custos desta, arrebatou o Prémios Jovens da Banda, na categoria de Literatura.de melhor jovem do ano de 2017 na categoria de literatura, realizado em Luanda pela entidade Jovens da Banda, com direito a breves minutos de televisão na gala de premiação.
Já antes, durante a cerimónia do lançamento da obra literária de estreia intitulada “Raízes Cantam”, que teve lugar na Mediateca de Benguela a 30 de Julho, o também escritor bengulense Gociante Patissa elogiou a riqueza nas dimensões cultural e estética na obra de Job Sipitali, pelo “distanciamento em relação à tendência dos da sua geração, aquela nota acentuadamente sócio-realista e declarativa, com textos prolixos e a passar ao lado do labor estético. Sipitali desponta pela diferença com esta poesia concisa, proverbial e penetrante”.


Loading...
Input your search keywords and press Enter.

Com um gosto você fica por dentro de tudo