Jovem viola duas cabras até à morte

Um homem queniano foi  detido depois de ter violado duas cabras, que pertenciam à sua mãe, até à morte. Mbithi Munyao, de 20 anos, arrastou os animais do local onde estavam a pastar para trás de um arbusto, onde levou a cabo atos sexuais com as cabras durante duas horas.

Segundo a polícia os animais morreram de exaustão após o homem ter terminado o ataque. Os cadáveres dos animais foram apresentados em tribunal como prova dos crimes em Kangoudo, no Quénia.

Munyao está em prisão preventiva a aguardar a leitura da sentença, que deverá ocorrer no final deste mês. Está acusado de dois crimes de bestialismo. Foi a mãe, devastada, que denunciou o crime às autoridades. “O ataque às cabras aconteceu durante o fim de semana, na aldeia de Kinyai.

Os animais morreram depois de serem sujeitos a duas horas de atos sexuais contínuos. Há muitas mulheres solteiras na aldeia à procura de namorado, é ilógico que ele tenha feito uma coisa assim”, considerou a chefe da polícia local, Mary Mulwa.

Mbithi Munyao alega estar inocente.

 

 

Loading...
Input your search keywords and press Enter.

Com um gosto você fica por dentro de tudo