Corrupção na Brigada Especial Trânsito só até Fevereiro

O combate à corrupção continua a ser a tónica dominante do discurso do Comandante-Geral da Polícia Nacional, Alfredo Eduardo Manuel Mingas “Panda”, que hoje, deixou um ultimato aos efectivos da Brigada Especial de Trânsito (BET), para, num prazo de 15 dias, absterem-se da prática de cobrança da famosa “gasosa”.

O Comandante-Geral, que efectuou uma visita de constatação à BET, disse ser imperioso que se acabe com o fenómeno “gasosa” na corporação.

O Comissário-Geral lembrou que a Polícia é regida de um regulamento disciplinar, que vai ser aplicado a todos que insistirem na prática de extorsão.

“Vocês têm de deixar de envergonhar a Polícia. Não há nada que justifique que um agente da autoridade cobre gasosa, receba ofertas, prémios ou deixa-se corromper”, criticou Eduardo Mingas “Panda”, que entende ser chegada a hora para se pôr fim aos “vícios e más práticas, que mancham a corporação”.

“Temos que abolir totalmente o fenômeno da gasosa e isso vai começar aqui no trânsito; até dia 30 de Janeiro queremos ver este problema completamente banido, aqui na BET”, determinou.

Loading...
Input your search keywords and press Enter.

Com um gosto você fica por dentro de tudo