Sonangol trava decisão de Isabel dos Santos sobre a Galp

Decisão de Isabel dos Santos chumbada pelo novo presidente da petrolífera. A Sonangol diz ter sido lesada pela empresária e vai enviar o tema para a Procuradoria Geral da República em Portugal

Isabel dos Santos alterou a administração da Esperaza, empresa através da qual a empresária e a Sonangol detêm uma participação na Amorim Energia e indiretamente na Galp, depois de ter tentado a sua dissolvência, apurou o Expresso junto do Ministério angolano dos Petróleos e Minas.

Esta decisão abriu um novo conflito entre a empresária e a nova administração da petrolífera angolana, liderada por Carlos Saturnino, que já acionou uma providência cautelar para anular a deliberação social com o argumento que foi feita sem o seu prévio consentimento.

Loading...
Input your search keywords and press Enter.

Com um gosto você fica por dentro de tudo