O ministro afirmou que estão disponíveis 75 por cento dos produtos da cesta básica para a quadra festiva, sendo que os restantes 25% estão em fase de embarque.

O governante advertiu ainda os agentes económicos sobre as tentações que podem ocorrer nesta quadra, afirmando que estão em curso diversas medidas de prevenção no combate à especulação de preços, e que os prevaricadores “serão sancionados de acordo com a lei das actividades comerciais.

“Não haverá tolerância para com os especuladores de preços”, afirmou.

No mesmo dia em foi apresentado o novo Inspector Geral do Comércio, Francisco da Costa Félix, o ministro deixou como recado que “a nova orientação do executivo é a de corrigir os erros do passado”.