Especialistas reestabeleceram contato com o primeiro satélite angolano, AngoSat-1, informou o canal de televisão RT.

“Especialistas conseguiram reestabelecer contato com o satélite AngoSat-1, recebemos telemetria enviada do aparelho”, informou uma fonte da indústria de voo espacial.

Em 26 de outubro, o primeiro satélite angolano, AngoSat-1, foi levado à órbita pelo foguete Zenit e lançado do cosmódromo Baikonur às 22h00 no horário de Moscou (17h00 do mesmo dia em Brasília). Depois de oito minutos de voo, o foguete se separou do bloco acelerador Fregat, que posicionou o satélite na órbita terrestre como planejado, ou seja, às 06h55 no horário de Moscou (01h55 em Brasília) em 27 de dezembro.


Foguete-portador Zenit-3SLBF lança observarório astrofísico Spektr-R do cosmódromo de Baikonur (foto de arquivo)


Mais posteriormente, uma fonte próxima da indústria espacial comunicou à Sputnik que o contato com o primeiro satélite angolano foi perdido.O satélite foi construído por um consórcio russo liderado pela corporação RKK Energia.

O AngoSat-1 deveria garantir a comunicação e transmissão de televisão por todo o continente africano. Engenheiros do projeto tiveram que mudar uma parcela dos detalhes estrangeiros por causa das sanções. Tal mudança de planos pode ter causado complicações no funcionamento do satélite.

Loading...
Input your search keywords and press Enter.

Com um gosto você fica por dentro de tudo