A região está a ser devastada pela seca desde Setembro deste ano, dizem produtores.

Pedro Bonifácio avançou que as zonas do Bambi, Cuacra e Gangula (Sumbe) são as mais afectadas pela falta de chuva.

O produtor disse à Angop que “as poucas barragens existentes estão a secar, por isso, muitos criadores estão a optar pela compra de cisternas de água para abeberar o gado”.

Também o criador Prazeres António afirmou que a falta de chuva está afectar o pasto, bem como a prejudicar a reprodução dos animais.

Contou ainda que os muitos animais têm de ser conduzidos para as margens do rio Cambongo ou Keve, o que equivale a uma distância de cerca de 25 a 30 quilómetros, para encontrarem pasto e água.

Alberto Domingos, também criador de gado, defendeu a necessidade do Ministério da Agricultura e Florestas construir mais barragens na zona do litoral, tendo em conta o seu período de estiagem.