Robinho, o “sucessor de Pelé”, condenado a nove anos de prisão por violação

Robinho, o “sucessor de Pelé” que passou por Real Madrid, Manchester City e AC Milan e joga hoje no Atl. Mineiro, foi condenado a nove anos de prisão por violação num caso em Itália em 2013.

 

“Robson de Souza, nascido a 25 de janeiro de 1984, mais conhecido por Robinho, é um predador sexual que joga no Atl. Mineiro e na seleção brasileira como avançado”. As notícias circulam nos nossos dias a grande velocidade e, poucos minutos depois de se ter conhecido a sentença de um caso que estava a decorrer em Itália, a página daquele que era visto em miúdo como o “sucessor de Pelé” já tinha sido alterada: o jogador que passou por Real Madrid, Manchester City e AC Milan antes de voltar ao Brasil foi condenado a nove anos de prisão por violação num caso que remonta a janeiro de 2013, quando jogava em Itália.

De acordo com o tribunal, Robinho e mais cinco amigos terão violado uma rapariga de 22 anos numa discoteca em Milão. Apesar da decisão, a condenação ainda não foi confirmada pelo tribunal. A agência italiana ANSA avança ainda que o jogador se declarou inocente de todas as acusações.

Em atualização

Loading...
Input your search keywords and press Enter.

Com um gosto você fica por dentro de tudo