Depois de ontem, 17, ter lançado a marca de cerveja “Luandina”, 100% produzida em Angola, a empresária Isabel dos Santos reiterou a sua disponibilidade para manter a aposta no mercado nacional.

“Eu sou angolana, gosto de Angola, é o meu país, acredito que Angola é um país que tem tudo para dar certo. Temos uma diversidade de investimentos possíveis, por isso acho que sim, que continuarei”, disse a ex-PCA da Sonangol, em entrevista à TV Zimbo.

Horas antes da presença nos estúdios de televisão, a gestora referia, à margem do lançamento da cerveja “Luandina”, que os seus projectos empresariais, desenvolvidos ao longo dos últimos 20 anos, criaram cerca de 40 mil empregos.

“Este meu dinamismo eu pretendo continuar. Pretendo continuar a ser um actor económico na nossa economia”, disse a primogénita do ex-Presidente da República, José Eduardo dos Santos.

Para além do portfólio de negócios nos sectores das telecomunicações, banca, energia, cimentos, distribuição e cervejas, Isabel dos Santos planeia deixar marca na área da mentoria.

“No próximo ano gostaria de lançar um programa de ser mentor para jovens que queiram ser empreendedores”, avançou a empresária, citada pela agência Lusa.

“Pretendo trabalhar com jovens que tenham iniciativas, que queiram eles empreender”, sublinhou a bilionária.