Sonangol perde mais de 200 mil litros de combustíveis

O facto foi confirmado hoje (domingo) pelo vice-governador para a área técnica e infra-estruturas, José Fernando Tchatuvela, que acompanha o caso, frisando ter faltado cautela por parte do maquinista ao se aproximar de uma curva perigosa, não distante da aldeia de Santo-Biangue.

Nesta conformidade, José Fernando Tchatuvela defendeu mais responsabilidade por parte de todos os condutores de automóveis rodoviários e maquinistas ferroviários de forma a evitar acidentes para salvaguardar vidas humanas e mercadorias.

O governante confirmou também a interdição do troço (Cuito-Luena), enquanto durarem as obras de requalificação da linha férrea.

Com destino à cidade do Luena, província do Moxico, a locomotiva transportava 14 cisternas de gasóleo e gasolina, estimando-se a perda de mais de 200 mil litros destes derivados de petróleo, segundo fontes ligadas à Sonangol no Bié.

No local do acidente encontram-se já agentes da Polícia Nacional e Protecção Civil e Bombeiros, bem como camiões cisternas que tentam recuperar maior quantidade possível do produto ainda conservado.

Loading...
Input your search keywords and press Enter.

Com um gosto você fica por dentro de tudo