Now Reading:
Jovem detida no Bié por interrupção da gravidez

Jovem detida no Bié por interrupção da gravidez

Segundo o chefe de Departamento de Comunicação e Imprensa do Comando Provincial do Bié da Polícia Nacional (PN), inspector-chefe Profílio Evambi, Juliana Jamba foi detida na sequência de um aborto, que realizou com recurso a comprimidos.

Em declarações à Angop, o porta-voz da PN acrescentou que após a “ingestão de grandes quantidades de medicamentos” – que causaram o aborto quando decorriam cinco meses de gestação -, a jovem desfez-se do feto, deitando-o numa latrina.

Sublinhando que o comportamento “viola as normas jurídicas do país”, onde o aborto é punível com pena de prisão.

a suposta criminosa, a jovem Juliana Jamba foi detida pelo facto de ter interrompido uma gravidez, ao ingerir grandes quantidades de medicamentos, cometendo, deste modo, um crime de aborto, punível, de acordo com a lei do país.

Juliana Jamba confessou o crime à Polícia Nacional e segundo relato de Profílio Evambi, depois de ter interrompido a gravidez, deitou o feto numa latrina.

Sem revelar as causas que levaram a jovem a tal comportamento nocivo, afirmou que Juliana Jamba se encontra sob custódia do Serviço de Investigação Criminal, para ser processada criminalmente, junto do Ministério Público.

Loading...
Input your search keywords and press Enter.

Com um gosto você fica por dentro de tudo