A notícia, assim como ela acontece

Benguelense encontra caixão à porta de casa com a própria fotografia – aviso de morte, ou caso de polícia?

Mário Jacob, de Benguela, não ganhou para o susto quando se preparava para sair de casa, na passada quinta-feira, 28 de Setembro: à porta tinha um caixão com a sua fotografia. O caso está sob investigação policial, mas também das autoridades tradicionais, que alertam para eventuais prenúncios de morte.

O episódio insólito aconteceu por volta das 21h da passada quinta-feira, 28 de Setembro, no 2.° andar do denominado “prédio do décimo”, em Benguela, onde o visado vive com a família.

Pinto Caimbambo, porta-voz do Comando Provincial de Benguela da Polícia Nacional, explicou ao Novo Jornal Online que o cidadão identificado como Mário Jacob pretendia sair à rua para caminhar quando se deparou com o caixão diante da sua porta.

Segundo o responsável, os Serviços de Investigação Criminal (SIC) estão a investigar o caso, “para responsabilizar criminalmente” o autor da acção.

“O caixão não pode aparecer do nada, alguém o deixou à porta da casa do cidadão e isso é crime”, sublinhou Pinto Caimbambo, acrescentando que as autoridades tradicionais também estão a acompanhar a ocorrência, inédita na região.

“É a primeira vez que registamos um caso do género”, garante o porta-voz do Comando Provincial de Benguela da Polícia Nacional, demarcando a situação das habituais queixas de feitiçaria, encaminhadas para as autoridades tradicionais.

Neste caso, segundo esclareceu ao Novo Jornal Online o presidente do Núcleo das Autoridades Tradicionais e Representante dos Reis de Angola em Luanda (NATRAL), João Miguel, estamos na presença de um alerta de fatalidade.

“Este assunto deve ser tratado imediatamente pelas autoridades tradicionais locais, porque isso é um aviso de morte para ele ou para um membro da família”, avisa o responsável.

O também representante dos Reis de Angola garantiu que ao nível do núcleo das autoridades tradicionais existem especialistas preparados para tratar essas “práticas malfeitoras, que em nada ajudam ao desenvolvimento do país”.

você pode gostar também
Loading...

Com um gosto você fica por dentro de tudo