Aguas agitadas nos órgãos públicos de comunicação, exonerações na forja

O Ministro da Comunicação Social diz que até ao fim deste mês, os angolanos poderão notar algumas novidades nos Conselhos de Administração dos órgãos de Comunicação Social públicos. Falando à imprensa, a margem da abertura da IV Legislatura da Assembleia Nacional, João Melo pediu calma ao público, mas garante que as coisas poderão melhorar.

Uma fonte próxima ao Ministério da Comunicação Social, confidenciou ao Correio da Kianda que vai haver mudança radical nas equipas de gestão de todos os órgãos, com a entrada de quadros cujo perfil se adaptam muito bem as mudanças que a Comunicação Social angolana deverá atravessar. O ministro João Melo, defende a prática de um jornalismo equilibrado, pluralista e diversificado, com a participação de todos os actores da sociedade. Uma intenção que contraria tudo o que os órgãos públicos fazem actualmente.

Apercebendo-se das mudanças que se avizinham, os jornalistas elegiveis já estão a movimentar-se em contactos para serem reconduzidos ou nomeados. Um dos casos mais flagrantes da luta de poderes, envolve os Jornalistas da Rádio Nacional Eduardo Magalhães e Pedro Cabral antigo PCA da rádio pública ao tempo de Carolina Cerqueira. Os dois jornalistas trocaram confidencias por email que foram parar as redes sociais.

Loading...
Input your search keywords and press Enter.

Com um gosto você fica por dentro de tudo