A notícia, assim como ela acontece

Polícia mata filho de oficial da polícia em Benguela

Mais uma vez a policia nacional volta a provocar luto numa família na cidade de Benguela. Na madrugada deste domingo, 24, um agente da policia nacional disparou mortalmente contra um jovem que se encontrava a conviver com os amigos, no bairro dos Navegantes.

 Testemunham contam que tudo teria acontecido quando os jovens após um corte de luz decidiram abandonar o local da festa, durante a caminha pararam junto a residência do autor do disparo. Em seguida relatam as nossas fontes, o agente que se encontrava em sua casa dirigiu-se ao local onde estavam os jovens dispersou-os a pretexto de estarem a perturbar o silêncio, mas como nem todos fugiram, o policia efectou um disparo que acertou mortalmente um dos jovens que em vida respondia pelo nome de Fernando Lucas, com idade a rondar os 28 anos.

Família do malograda encontra-se inconsolada, chora pela partida prematura dos jovens, principalmente o pai que viu o seu a ser assassinado por um colega.

Uma fonte do comando provincial, confirmou a ocorrência. Segundo a mesma o assassínio, membro da corporação encontra-se detido e serviços de investigação trabalham na instauração do respetivo processo criminal, a ser remetido ao Ministério Público.

Entretanto, este é o segundo caso de assassinato em menos de um mês, na cidade de Benguela, cujo os autores são agentes da polícia nacional.

O primeiro aconteceu no inicio deste mês em que um agente da ordem publica desparrou mortalmente contra um motaxista.

Até ao momento pouco se sabe sobre o andamento do processo, há suspeita que o autor do crime poderá ser posto em liberdade. O receio dos familiares da família do motaxista é sustentado, sobretudo na forma como o comando provincial tentou resolver o caso, tendo na altura o porta-voz da corporação justificado que o agente teria realizado o disporá em legitima defesa.

você pode gostar também
Loading...

Com um gosto você fica por dentro de tudo