A notícia, assim como ela acontece

José Eduardo dos Santo inaugura Memorial do Cuito Cuanavale

O Presidente da República, José Eduardo dos Santos, inaugurou nesta terça-feira o memorial à vitória da batalha do Cuito Cuanavale, na província do Cuando Cubango, erguido em homenagem aos combatentes que lutaram e defenderam essa localidade contra a ocupação do antigo regime do apartheid sul-africano.

Após descerrar a placa, seguido do corte da fita, o Estadista angolano testemunhou o hastear da bandeira da República e assistiu a um vídeo que retrata as diversas etapas da construção do memorial.

Depositou uma coroa de flores no monumento em honra aos soldados dessa batalha, percorreu a parede dos heróis, área onde estão desenhadas várias figuras dos combatentes tombados na defesa do território nacional, o museu e acendeu a chama eterna do memorial.

O imponente edifico com cerca de 35 metros de altura sob forma de pirâmide, erguido de raiz numa área total de 3,5 hectares a entrada da sede do município do Cuito Cuanavale, simboliza a memória e a bravura dos heróis da batalha de 1988.

A infra-estrutura comporta dois pisos, um terraço e sustentada por três vigas de betão armado, que lhe conferem a forma de uma pirâmide e está equipada com um elevador com capacidade para transportar cinco pessoas.

Logo à entrada do pátio do monumento histórico, encontra-se duas estátuas de soldados, sendo um combatente das ex-FAPLA e outro cubano, com os punhos erguidos em sinal de vitória no fim dos combates da já conhecida, no mundo, como “Batalha do Cuito Cuanavale”.

No mesmo perímetro, encontra-se uma biblioteca e um museu, este último, onde estão expostas algumas das armas capturadas durante os combates e do material utilizado pelas extintas FAPLA e pelas tropas cubanas.

Entretanto, a segunda fase do projecto contempla a construção de uma vila turística, com 120 apartamentos, uma piscina, dois restaurantes, centros sociais e comerciais, entre outros, para albergar as pessoas que pretenderem visitar o local.

O projecto, do Governo Central, inclui ainda a construção de 12 residências protocolares para as diversas individualidades que se deslocarão ao município.

A batalha do Cuito Cuanavale, considerada uma das maiores ocorridas na África Austral, aconteceu em 23 de Março de 1988, altura em que as ex-Forças Armadas Populares de Libertação de Angola (FAPLA), em parceira com os efectivos militares de Cuba, impuseram-se ao exército do antigo regime do apartheid sul-africano, que invadia Angola a partir desta região sudeste do país.

A derrota das então forças militares sul-africanas obrigou o regime do apartheid a promover conversações quadripartidas, que levou a assinatura do acordo de Nova Iorque (EUA) e, consequentemente, a independência da Namíbia e a democratização da África do Sul. O nome Cuito Cuanavale, um dos municípios da província do Cuando  Cubango, tem origem dos rios  Cuito e Cuanavale, que convergem nesta região. Com uma superfície de 35.610 quilómetros quadrados, o município do Cuito Cuanavale, província do Kuando Kubango, possui uma população estimada em 94 mil habitantes.

Testemunharam o acto, os responsáveis das Forças Armadas Angolanas (FAA), auxiliares do Titular do Poder Executivo, autoridades tradicionais, eclesiásticas, entre outros convidados.

você pode gostar também
Loading...

Com um gosto você fica por dentro de tudo