A notícia, assim como ela acontece

Músico Moniz de Almeida leva UNITA a tribunal

O respeitado músico angolano Moniz de Almeida, fundador e integrante do duo “Irmãos Almeida”, denunciou a UNITA, nesta quarta-feira (09), numa Conferência de Imprensa, em Luanda, por estar a utilizar, indevidamente e fora do contexto, uma das suas músicas, nos seus programas dos tempos de antena da actual Campanha Eleitoral.

Moniz de Almeida disse estar muito triste e revoltado com isso, tendo reiterado a sua militância convicta ao MPLA, partido com o qual sempre trabalhou, na conquista da paz e sua preservação e nos esforços de reconstrução e de desenvolvimento de Angola.

Eis a sua declaração formal, sobre o assunto:

“Sou o músico Moniz de Almeida! Sou autor de muitas músicas, conhecidas por todo o povo angolano, de Cabinda ao Cunene.

Estranhamente, nos últimos dias notei que uma das minhas músicas, com o título ‘estamos a sofrer mal’, tem vindo a ser transmitida, fora do contexto, nos programas dos tempos de antena da UNITA, sem o meu consentimento.

Considero esta uma atitude de extrema arrogância e de falta de respeito para comigo, para com a minha produção musical e, até, para com os meus fãs, que são muitos.

Sou militante convicto do MPLA e exijo que o partido UNITA deixe de utilizar as minhas músicas.

De contrário, reservo-me no direito de proceder de acordo com a lei”.

A uma pergunta dos jornalistas, após a apresentação desta declaração, aquele fazedor de cultural musical angolana desqualificou a UNITA por esta atitude irresponsável, para um partido que diz querer ser poder, mas que, em contra-senso, está a roubar obras alheias, tendo declarado que vai recorrer às autoridades competentes.

você pode gostar também
Loading...

Com um gosto você fica por dentro de tudo