A notícia, assim como ela acontece

Jovem morre baleado no próprio casamento em Benguela

Um jovem de 23 anos de idade foi baleado mortalmente, sábado, no seu próprio casamento, no bairro da Lixeira, arredores da cidade de Benguela, soube hoje, segunda-feira a Angop de fonte policial.

De acordo com o porta-voz do comando provincial da PN, Intendente Pinto Caimbambo, que efectuava o balanço do fim-de-semana, o facto aconteceu quando a vítima e familiares participavam da festa de casamento tradicional e dois indivíduos apareceram no local, sendo confundidos com meliantes e foram espancados pelos presentes no casamento.

“Após o espancamento, um dos jovens fingiu ter desmaiado e aproveitando-se da distracção dos presentes, levantou-se e foi à busca de uma arma de fogo, e disparou à queima-roupa até ter atingido o noivo num dos membros inferiores esquerdo (coxa), enquanto o outro pôs-se em fuga”, informou Pinto Caimbambo.

O porta-voz da corporação deu ainda a conhecer que, os indivíduos já se encontram detidos, mas as diligências prosseguem para a captura da arma.

Entretanto, o comando provincial da Polícia Nacional registou outros 13 crimes diversos nas últimas 72 horas, menos três em relação ao fim-de-semana passado, dos quais 12 foram esclarecidos e resultado na detenção de 14 supostos criminosos.

Dos crimes em que 10 foram contra as pessoas e um contra propriedade, cujo município de Benguela registou sete casos, Baía Farta três, Lobito e Balombo dois cada, foram cometidos na maioria por jovens com idades entre 17 a 41 anos, todos desocupados.

Realça-se ainda no período em referência, a remoção de quatro cadáveres na via pública, sendo dois por acidentes de viação, um por morte patológica e outro por suicídio, ocorridos nos municípios de Lobito e Catumbela.

você pode gostar também
Loading...

Com um gosto você fica por dentro de tudo