Fundo Soberano não cumpre lei sobre política de investimentos

O Fundo Soberano de Angola entregou a gestão de 97,5% dos seus activos ao Quantum Global Group, violando a Lei que aprovou a respectiva Política de Investimentos, que diz que não podem ser alocados mais de 30% dos activos a um único gestor. Ilegalidade dura desde
Dezembro de 2014.
O Fundo Soberano de Angola (FSDEA) entregou a gestão de 97,5% dos seus activos ao Quantum Global Group, violando a Lei que aprovou a respectiva Política de Investimentos que diz que não podem ser alocados mais de 30% dos activos a um único gestor.
“Em 31 de Dezembro de 2015, cerca de 97,5% dos activos do Fundo estavam alocados a um único gestor externo, pelo que nessa data o Fundo não se encontrava a cumprir com os
requisitos estabelecidos na Política de Investimentos relacionados com a realização de dotações
subsequentes e alocação dos seus activos a gestores externos”, lê-se na nota 20 às
demonstrações financeiras de 2015 do relatório anual do FSDEA, publicado na página de
internet da instituição.

Loading...
Input your search keywords and press Enter.

Com um gosto você fica por dentro de tudo