Cidadãos invadem e vandalizam loja de registo do Lobito

De acordo com o comandante municipal da Polícia Nacional, Carlos Diamantino, que não avançou o número dos presumíveis autores, explicou que os suspeitos encontram-se detidos até se apurar as causas e o principal responsável pelo acto.

Por seu lado, a conservadora municipal do registo civil, Inês Kwayela, mostrou-se indignada pelo mau comportamento dos cidadãos que invadiram a instituição e que resultou no arrombamento da porta principal e na quebra de vidros, cujos prejuízos materiais não foram ainda avaliados.

A conservadora pediu a população a evitar actos do género que danifica o patrimônio público, prejudicando a própria população.

A Angop apurou no local que, os trabalhos paralisados por algumas horas, já retomaram o seu normal funcionamento.

Loading...
Input your search keywords and press Enter.

Com um gosto você fica por dentro de tudo