Depois de várias denúncias de cidadãos, as autoridades tradicionais de Cubal, província de Benguela, encerraram uma casa de feitiçaria, que alegadamente tratava pessoas interessadas em ascender na vida, ter uma boa esposa e gerar filhos.

De acordo com as autoridades tradicionais, Raimundo Jamba, de 44 anos, o alegado médico tradicional, foi notificado mais de três vezes e nunca se apresentou junto das autoridades tradicionais da província. O mesmo, segundo informações, está foragido.

 

Loading...
Input your search keywords and press Enter.

Com um gosto você fica por dentro de tudo