A notícia, assim como ela acontece

Assembleias de voto às moscas

Por: Ilídio Manuel |Facebook

Algumas assembleias de voto (AV) por onde passei, incluindo a que votei esta manhã, estavam às moscas. Disseram-me que havia um clima de acalmia e de organização em várias AV espalhadas pela cidade.
Dentre as várias leituras possíveis sobre este fenómeno, não descuro a colocação de várias AV ao dispor dos eleitores, algum nível de organização nas mesas de voto; eventuais abstenções ou o deixar a votação para última hora…
Mesmo sabendo-se, à partida, que há um número considerável de «deslocados eleitorais», prefiro aguardar para, no final da votação, apurar se isso teve sérios reflexos nas abstenções.
Confesso que não gostaria de ver os mesmos níveis de abstenções registados em 2012 (37%) e que levaram mais de Dois Milhões de eleitores a não exercerem os seus direitos de voto.
Embora seja ainda cedo para chegar a determinadas conclusões, acho que em termos de organização a CNE está ligeiramente melhor em relação a 2012. Creio que as coisas seriam melhores, caso ela, durante o processo de preparação eleitoral, não se fechasse em copas, furtando-se ao diálogo aberto e franco com os partidos políticos.

você pode gostar também
Loading...

Com um gosto você fica por dentro de tudo