Now Reading:
Candidaturas a habitações das centralidades começam na quinta-feira

Candidaturas a habitações das centralidades começam na quinta-feira

A imobiliária Imogestin, responsável pela gestão dos projectos habitacionais do Estado inicia, na próxima quinta-feira, 6 de Julho, o processo de venda das casas das centralidades do KM 44, em Luanda, e de Capari, no Bengo. As candidaturas terão de ser feitas via internet, através do portal www.imocandidaturas.co.ao (http://www.imocandidaturas.co.ao).

A informação foi avançada por Mário Guerra, do Gabinete de Comunicação e Imagem da Imogestin, à margem de uma visita de inspecção às
centralidades do KM 44 e do Capari, realizada pela ministra do Urbanismo e Habitação, Branca do Espírito Santo.
“As candidaturas através do portal vão iniciar no próximo dia 6”, anunciou o responsável, adiantando que o número de habitações disponíveis para venda ronda as 1.900 no KM 44, e as 3.000 no Capari.
Mário Guerra esclareceu que o processo está aberto a todas as idades, desmentindo a informação de que só os cidadãos até 40 anos de idade se podem inscrever.
“Não há limitações de idade, há apenas uma política de Estado que visa proteger a juventude”, explicou o porta-voz da Imogestin, acrescentando que 30% das casas estão reservadas para pessoas até 40 anos de idade, permanecendo os restantes 70% disponíveis para interessados de outras
idades.
O responsável referiu ainda que a venda das habitações do Estado começa pelo KM 44 e por Capari, por serem os únicos projectos em que os trabalhos de execução das infra-estruturas externas já foram concluídos.

Candidaturas online combatem “desvios”

A comercialização exclusivamente através do site www.imocandidaturas.co.ao (http://www.imocandidaturas.co.ao) “confere credibilidade ao processo, porque aí há uma redução do risco do factor humano intervir”, defendeu Mário Guerra, em declarações recentes ao jornal Expansão.
O responsável da Imogestin explicou que “quando as pessoas submeterem as suas candidaturas, receberão uma mensagem no telefone ou por email, dizendo que a candidatura foi recebida e que está sujeita a validação, sendo que a validação é feita em função do que está no portal”.
Ainda ao Expansão, o responsável adiantou que o sistema vai deixar de receber inscrições “depois de receber o dobro das candidaturas disponíveis por projecto”, suspendo automaticamente as submissões, para não criar falsas expectativas junto dos interessados.

Loading...
Input your search keywords and press Enter.

Com um gosto você fica por dentro de tudo