A notícia, assim como ela acontece

Polícia impede orgia gay com drogas no Vaticano

A polícia do Vaticano interrompeu uma orgia gay que estava a decorrer num apartamento que pertence à Congregação da Doutrina da Fé que envolve o secretário do Cardeal Francesco Coccopalmerio, Luigi Capozzi. Durante a operação polícial foram ainda encontradas drogas no apartamento. A intervenção policial aconteceu no mês passado,em junho, mas só agora foi tornada pública pelo jornal italiano Il Fato Quotidiano.

Luigi Capozzi, de 50 anos, é secretário do Cardeal Francesco Coccopalmerio, líder do Conselho Legislativo do Pontifício e um dos conselheiros do Papa.

Desconhece-se, para já, se o Cardeal Coccopalmerio estava na festa interrompida pela polícia do Vaticano e onde foram encontraram drogas.

De acordo com o jornal Il Fato Quotidiano, que divulgou a notícia, o apartamento pertence à Congregação da Doutrina da Fé, organismo é responsável, entre outra questões, por tentar identificar casos de abusos sexuais de menores na Igreja.

Conta ainda que quando a polícia entrou no apartamento, deparou-se com um cenário que confirmou os rumores e queixas dos vizinhos, a maioria cardeais.

Há já algum tempo que relatavam a presença de pessoas estranhas a meio da noite a usar a entrada principal do Palácio do Santo Ofício que dá diretamente para o território italiano e que, ao contrário de outros edifícios do Vaticano, não é guardado nem pelo Corpo da Gendarmaria, nem pela Guarda Suíça.

Estas informações foram reveladas uma semana depois de o cardeal George Pell, responsável pela Secretaria da Economia do Vaticano e terceira figura mais importante do Estado ter sido acusado de abuso sexual de menores na Austrália.

você pode gostar também
Loading...

Com um gosto você fica por dentro de tudo