Trocas comerciais entre Angola e Rússia atingem 500 milhões de dólares

As trocas comerciais entre Angola e a Federação Russa atingiram, em 2016, cerca de 500 milhões de dólares, uma cifra 15 vezes acima do valor de 2012.

A informação é do embaixador russo em Angola, Dmitry Lobach, quando falava à imprensa no final de uma audiência a si concedida, pelo vice-presidente da República, Manuel Domingos Vicente.

O embaixador Dmitry Lobach, que aproveitou a ocasião para apresentar cumprimentos de despedida ao governante angolano, referiu que o momento serviu também para passar em revista as relações entre os dois países.

“Achamos que conseguimos muito nas nossas relações, dai considerar que a minha missão foi bem conseguida”, disse.

Durante a minha estadia, acrescentou, as trocas comerciais aumentaram em 15 vezes, apesar das cifras absolutas não serem tão grandes como as de Angola com outros países, como é o caso da China.

“Quando cheguei a Angola, em 2012, o volume de trocas comerciais era de 25 milhões e, no último ano (2016), obtivemos 500 milhões”, argumentou.

Referiu que uma das tarefas principais é a diversificação das trocas comerciais, bem como as relações económicas, de modo geral, de modo a não ficar só na área diamantífera ou das altas tecnologias, como Angosat.

“Queremos diversificá-la e estão na mesa de negociações programas e planos de construção das fábricas de produção e equipamento técnico e projectos na área da agricultura, dos transportes. No entanto, ainda é cedo para podermos falar destes projectos”, disse.

você pode gostar também

Loading...

Com um gosto você fica por dentro de tudo